Blog image

Ao encontrar alguém habilidoso em alguma atividade é comum escutarmos:isso é dom!Talvez na tentativa de encerrar o assunto por falta de argumentos ou simplesmente por achar q trata-se de algo sobrenatural.

A coisa mais linda da ciência é buscar explicações e compreensão sobre a criação (q bom q Ele deu sabedoria pra isso).

A neurociência descobriu q há uma parte no córtex auditivo responsável pelo processamento de informações sonoras e está envolvida na percepção de tons e estímulos ñ linguísticos. Afirmaram tb q diferenças na sua anatomia podem afetar a funcionalidade e q em músicos essa parte (Giro de Heschl) tem calibre 4x maior, ou seja, mais sinapses acontecendo qdo comparado a ñ músicos.

Nos EUA avaliam os tipos de fibras musculares predominantes em cada criança p/ direcioná-las ao esporte q podem se destacar.

Sabe-se q uma simples variação anatômica na cartilagem tireóidea determina o tamanho da prega vocal e isso influenciará na frequência fundamental, assim como as proporções do trato vocal poderão influenciar em uma voz naturalmente mais projetada ou não.

Poderia citar inúmeras evidências q a ciência descobriu p/ justificar q algumas pessoas possuem mais facilidade em desenvolver determinadas atividades.

Em contrapartida se não houver “investimento” direto ou indireto, precoce ou tardio, tais habilidades não vêm à tona, talento enterrado. Já pensou se o pai do Neymar não o colocasse na escola de futebol? Talvez estivesse sentado em um escritório s/ saber q sua genética somada a sua dedicação poderia fazê-lo um jogador de destaque.

O fato é q existem pessoas q foram agraciadas estrutural, genética e fisiologicamente e isso vem de Deus. Ñ é o suficiente mas é uma vantagem.

Do outro lado existem aqueles q talvez ñ tiveram tanta “sorte” e se quer cresceram em um ambiente favorável, mas se tornaram pessoas extremamente dedicadas, q driblam dificuldades para alcançar o objetivo e compensam da melhor forma possível seus déficits, esses também podem chegar lá, por outro caminho mas podem!Uma pessoa dedicada pode ir mais longe q uma apenas talentosa. A ciência já desvendou alguns “DONS” e isso ñ anula a glória do Criador, apenas revela o qto Ele é incrível!

Auth Image

Sobre Fernanda Lopes (Fonoaudiologa)

Graduada pelo Centro Universitário São Camilo. Pós-Graduada em Voz pelo Centro de Estudos da Voz - CEV. Docente do programa de pós-graduação da faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais no curso Voz com ênfase em Voz Cantada. Participa de corais e grupos cristãos desde os 15 anos de idade, atualmente é preparadora vocal e cantora no projeto One Service. Possui 11 anos de experiência entre aulas de fisiologia da voz cantada e preparação vocal, atendimento/assessoria à cantores (em consultório e escolas de canto), palestras, workshops e atendimento clínico nas grandes áreas de linguagem, motricidade oral e voz. Idealizadora do projeto Canto Consciente, organizou um curso voltado para a atualização técnico-científica e desenvolvimento da performance e pedagogia vocal de professores de canto e fonoaudiólogos, em São Paulo está em andamento com a sétima turma. Tal projeto ganhou uma versão de intensiva para atender a demanda em outros estados como Rio de Janeiro, Paraná e Belo Horizonte e uma versão completamente on-line, reunindo profissionais de todos os estados do Brasil e outros países. Atualizada em cursos nacionais e internacionais na área de voz cantada, encontrou na Fonoaudiologia a oportunidade unir sua paixão e vivência no canto com a ciência..